A MARCA

Dress & Co.

Fundada em 2011, a Dress&Co. nasceu de um projeto de duas amigas paulistanas apaixonadas por moda, Beatriz Garcia e Ana Paula Porto, e desde então vem se firmando no cenário fashion do país. Com design único e uma modelagem especialmente desenvolvida para as mulheres brasileiras, a marca é desejo entre as mulheres e vem agradando todos os estilos e idades.

“Temos um produto bem democrático, que agradam das mulheres mais clássicas as mais fashionistas, das mais maduras as mais jovens. Nosso desafio é fazer moda pra todo gosto, mas sem perder nossa identidade!”, explica Beatriz.

Além disso, a preocupação com versatilidade também é um ponto forte da marca. Segundo Ana Paula, a mulher Dress&Co. é atual e por isso as coleções são desenvolvidas pensando na multifuncionalidade das peças. “A maioria dos nossos vestidos podem ser usados com salto alto, nenhum salto ou até mesmo tênis, deixando a mulher bem vestida pra qualquer ocasião, e as blusas ou calças montam looks que vão bem desde um passeio no shopping a um jantar especial, dependo somente dos acessórios que os complementam.”

A Dress&Co., que desde seu início aposta em peças únicas que valorizam a mulher, é nacionalmente conhecida por seus recortes e principalmente pelo caimento e acabamento impecáveis de seus produtos em couro sintético, carinhosamente batizado por suas fundadoras como “Couro do bem”.

DRESS&CO. E O “COURO DO BEM”
O couro utilizado pela marca é chamado assim porque além de não matar ou maltratar os animais, a sua fabricação também agride menos o meio ambiente. Ele é de um material SINTÉTICO chamado Poliuretano, também conhecido pela sigla PU, que é um composto químico bem comum na fabricação desse tipo de produto. Apesar de ser industrial e pouco biodegradável, o processo de tingimento desse material é menos poluente se comparado ao do couro legítimo, seu processo de produção utiliza menos água e não são usados metais pesados no curtimento (como o cromo), e sim substâncias alternativas (taninos vegetais).

“O couro sintético já está presente em nossas peças desde a primeira coleção e foi ganhando espaço ao longo do tempo, até hoje ser considerado nosso principal produto. Ele é a identidade da marca e queremos mostrar que bem trabalhado pode e é um artigo de luxo e de muito bom gosto”, explica Ana Paula Porto.

Além das questões ambientais, ainda existem outros pontos a favor do “Couro do bem”, o preço é muito mais atrativo que o do couro natural, é bem mais confortável e veste muito melhor, já que é feito de um material mais maleável.
Para Beatriz, cada vez mais as pessoas se preocupam com nosso planeta: “A moda acompanha a realidade do mundo em que vivemos. A ideia de que usar couro animal nas roupas é sinônimo de status vem sendo descontruída já há algum tempo. Hoje já é possível sermos fashionistas conscientes!”